06 janeiro 2011

Andorinha-das-árvores

De longe a longe, alguns poucos exemplares desta espécie Americana surgem nos Açores. Apenas 20 gramas - e meio oceano percorrido. Impressiona.

Andorinha-das-árvores, Tachycineta bicolor

7 comentários:

  1. Impressiona igualmente a forma exemplar como captas os 20 gramas transatlânticos...
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado pelos comentários.

    A insularidade tem dessas coisas - de longe a longe algumas espécies lá chegam e prosperam. E, com o decorrer do tempo, eventualmente dão origem a novas espécies. Como o Priôlo, por exemplo. http://campo-e-estirador.blogspot.com/2010/09/aves-dos-acores.html

    ResponderEliminar